Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Eu e o mundo

As minhas impressões, opiniões e outras coisas acabadas em ões sobre o mundo, pelo menos o mais próximo de mim.

Eu e o mundo

As minhas impressões, opiniões e outras coisas acabadas em ões sobre o mundo, pelo menos o mais próximo de mim.

A mania dos dias para tudo - Dia da Mulher

"O Dia Internacional da Mulher, celebrado em 8 de março, tem como origem as manifestações das mulheres russas por melhores condições de vida e trabalho e contra a entrada da Rússia czarista na Primeira Guerra Mundial. Essas manifestações marcaram o início da Revolução de 1917. Entretanto a ideia de celebrar um dia da mulher já havia surgido desde os primeiros anos do século XX, nos Estados Unidos e na Europa, no contexto das lutas de mulheres por melhores condições de vida e trabalho, bem como pelo direito de voto" - é assim que a Wikipédia explica o dia de hoje.


Para mim, o Dia da Mulher é mais um daqueles dias que me parece um disparate. Pronto, pronto, eu sei que é por uma boa causa e que as nossas antepassadas se fartaram de lutar pelos seus direitos e essas coisas todas. Mas isso já passou tudo, certo?

E portanto nós já adquirimos os nossos direitos e os que não adquirimos temos de nos fazer à vida e conquistálos todos os dias. Não me parece nada bem que exista um dia em que de repente toda a gente se põe a lembrar-se das desgraças feminias, que são muitas pelo mundo fora.

Todos os dias são de luta e em todos nos devemos lembrar de mulheres que ainda são mutiladas genitalmente, que são forçadas a casar contra sua vontade, forçadas a engordar como se fossem animais de abate, traficadas como escravas sexuais e tantos, tantos outros casos.

Não é um dia no calendário que resolve seja lá o que for nestas coisas. É a batalha do dia a dia que leva a que a guerra seja vencida.

Por isso não me parece bem que andemos 364 dias por ano indiferentes e depois de repente no dia 8 de março, somos todas maravilhosas e toda a gente mana mensagens fofinhas e a enaltecer as mulheres.

Não me parece mesmo nada bem.

Devemos dizer às nossas amigas, filhas, etc, o quanto gostamos delas e as achamos maravilhosas em todas as ocasiões e não apenas hoje. 

Devemos tentar, dentro das possibilidades de cada uma de nós, fazer o possível para mudar o sofrimento feminino e não só. Sim, que os homens também sofrem.

Se calhar mais calados, mas também sofrem. 

Existe muita coisa errada no mundo e não é um dia que vai mudar isso, são muitos dias, muitas ações.

Já agora, tenho que confessar que a história da emancipação feminina tem os seus prós e os seus contras, pelo menos na minha opinião.

Sim, porque emancipação feminina não devia querer dizer fim do cavalheirismo.

Eu assumo que gosto de um homem que me abre a porta, que me puxa a cadeira, um cavalheiro, em suma.

Sim, sim, eu sei que a emancipação feminina não significa o fim do cavalheirismo, mas infelizmente foi assim que muitas mentes a encararam e agem em conformidade. 

Emancipação e igualdade de direitos não significa nem deve significar ser igual.

Desculpem lá, as mais aguerridas, mas eu não quero ser igual a homem nenhum. Gosto muito de ser mulher, gosto muito de ser feminina, não tenho pretensões nenhumas a ser uma espécie de macho andrógino.

E tenho para comigo que se Deus quisesse realmente que fossemos todos iguais não nos tinha criado tão diferentes, ainda que eu não acredite propriamente que tenha sido Deus a criar-nos, mas pronto...

Afinal e segundo a história, Deus criou o homem e depois apercebendo-se das suas falhas criou... a MULHER, pois claro.

Mais bonita, mais fofinha, mais prática, inteligente e muito, mas muito mais versátil.

Um dia contaram uma história mais ou menos assim: 

"Um dia no jardim do Éden, Eva disse a Deus:

 

- Deus, tenho um problema!

 

- Qual é o problema, Eva?

 

- Deus, sei que me criaste e me deste este maravilhoso jardim, e todos estes maravilhosos animais, e esta serpente tão graciosa, mas não sou feliz...

 

- Por que, Eva? - Disse a voz lá de cima.

 

- Deus, estou sozinha, e não suporto mais comer maçã.

 

- Bem, Eva, neste caso, tenho uma solução. Criarei um homem para ti!

 

- O que é um homem, Deus?

 

- Um homem será uma criatura defeituosa, com muitos atributos negativos.

 

Mentiroso, arrogante, vaidoso; em resumo, fará da tua vida um inferno.

 

Mas... será maior, mais rápido, e vai caçar e matar animais.

 

Terá um aspecto estúpido quando ficar excitado, mas, para que não te queixes, o farei a fim de satisfazer tuas necessidades físicas. Será patético e sentirá prazer em coisas infantis como lutar e dar pontapés em uma bola.

 

Não será muito inteligente, então, vai precisar do teu conselho para pensar adequadamente.

 

- Parece ótimo! - disse Eva, com um sorriso irônico.

 

- Porém... - disse Deus.

 

- Qual é o problema, Deus?

 

- Bem... Vais tê-lo com uma condição.

 

- Qual, Deus?

 

- Como eu disse, será orgulhoso, arrogante e egocêntrico...

 

Assim terás que deixar que ele acredite que eu o fiz primeiro. Lembre-se, será nosso pequeno segredo, Eva... de mulher pra mulher..."


Agora digam lá que não é maravilhoso?


 

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D