Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Eu e o mundo

As minhas impressões, opiniões e outras coisas acabadas em ões sobre o mundo, pelo menos o mais próximo de mim.

Eu e o mundo

As minhas impressões, opiniões e outras coisas acabadas em ões sobre o mundo, pelo menos o mais próximo de mim.

Sócrates de volta? Socorro!!!!

"Sócrates volta à política contratado pela RTP"

Até pensei estar a ler mal. quando vi o título na primeira página do Diário de Notícias de hoje, a sério que pensei que não estava a ler bem.

Mas estava. Ele está de volta. E, para não variar, vamos voltar a ser nós a pagar-lhe o ordenado. 

Ah pois, eu sei que a notícia diz que ele não vai receber "diretamente" nenhuma retribuição pelo seu "trabalho" na RTP.

Pois claro que não. Até porque o "Sapatilhas" é mesmo rapazinho para dar borlas a alguém.

E pergunto eu:

A RTP é a televisão do estado e anda toda a gente indignada com uma data de coisas que dizem respeito à porcaria de canal público que temos. E agora continuam a achar que a RTP é o máximo?

Somos nós e os nossos impostos que vão pagar "indiretamente" o trabalho deste desgraçado. 

Como é que é possível?

Contratar um rato, ainda por cima do esgoto, mal cheiroso, cobarde, cínico, ordinário, incompetente e com uma tal falta de vergonha na cara, que não devia ser permitida por lei...

Obrigarem o contribuinte a pagar taxas de televisão, impostos e coisas afins para que o pseudo engenheiro regresse às luzes da ribalta...

É absolutamente inacreditável.

Espero que se crie rapidamente um movimento dos indignados contra a contratação do pseudo engenheiro sapatilhas nas redes sociais. Eu adiro desde o primeiro momento.

e acho que todos devíamos fazer boicote aos impostos. Tenham dó.

Já pagamos à Catarina, ao Malato, ao Gabriel, ao Orelhas e a tantos e tantos parasitas que vivem à sombra do dinheiro dos contribuintes. Agora também temos que pagar a este, qu já roubou tudo o que havia para roubar e que já fez toda a merda que podia ser humanamente feita por alguém?

Mas temos de voltar a levar com aquela cara de totó mal acabada e com a voz irritante e sonsa do pseudo engenheiro?

Nunca mais vou ligar a minha televisão na RTP. Nunca mais. Seja a que pretexto for. A partir de agora os canais de televisão cá em casa começam no número três do comando.

Boicote à RTP e à falta de vergonha de quem nos volta a impôr este monte de esterco que com grande vergonha nossa é português.

Fechem a porcaria do canal público. Não serve mesmo para nada. 

A gota de água é a contratação do pseudo-engenheiro Sapatilhas. 

 

DIA MUNDIAL DA POESIA

"Vem por aqui" - dizem-me alguns com os olhos doces 
Estendendo-me os braços, e seguros 
De que seria bom que eu os ouvisse 
Quando me dizem: "vem por aqui!" 
Eu olho-os com olhos lassos, 
(Há, nos 
meus olhos , ironias e cansaços) 

E cruzo os braços, 
E nunca vou por ali... 

A minha glória é esta: 
Criar desumanidade! 
Não acompanhar ninguém. 
- Que eu vivo com o mesmo sem-vontade 
Com que rasguei o ventre de minha mãe 

Não, não vou por aí! Só vou por onde 
Me levam meus próprios passos... 

Se ao que busco saber nenhum de vós responde 
Por que me repetis: "vem por aqui!"? 

Prefiro escorregar nos becos lamacentos, 
Redemoinhar aos ventos, 
Como farrapos, arrastar os pés sangrentos, 
A ir por aí... 

Se vim ao mundo, foi 
Só para desflorar florestas virgens, 
E desenhar meus próprios pés na areia inexplorada! 
O mais que faço não vale nada. 

Como, pois sereis vós 
Que me dareis impulsos, ferramentas e coragem 
Para eu derrubar os meus obstáculos?... 
Corre, nas vossas veias, sangue velho dos avós, 
E vós amais o que é fácil! 
Eu amo o Longe e a Miragem, 
Amo os abismos, as torrentes, os desertos... 

Ide! Tendes estradas, 
Tendes jardins, tendes canteiros, 
Tendes pátria, tendes tectos, 
E tendes regras, e tratados, e filósofos, e sábios... 
Eu tenho a minha Loucura ! 
Levanto-a, como um facho, a arder na noite escura, 
E sinto espuma, e sangue, e cânticos nos lábios... 

Deus e o Diabo é que me guiam, mais ninguém. 
Todos tiveram pai, todos tiveram mãe; 
Mas eu, que nunca principio nem acabo, 
Nasci do amor que há entre Deus e o Diabo. 

Ah, que ninguém me dê piedosas intenções! 
Ninguém me peça definições! 
Ninguém me diga: "vem por aqui"! 
A minha vida é um vendaval que se soltou. 
É uma onda que se alevantou. 
É um átomo a mais que se animou... 
Não sei por onde vou, 
Não sei para onde vou 
- Sei que não vou por aí! 

José Régio, in 'Poemas de Deus e do Diabo'

Pai Há Só Um! Ou não...

Pai há só um! Ou não!!

Se pensarmos no factor biológico, de facto, pai há só um. Mas pai, tal como mãe, não é só quem produz ou quem tem. Essencialmente pai e mãe é quem cria.

Tenho duas filhas. elas têm um pai. Que as concebeu comigo e que esteve lá no dia em que elas nasceram. Mas que, após a nossa separação, se foi também separando lentamente das filhas. 

Não penso que o tenha feito propositadamente ou por má índole, mas sim por falta de jeito puro e duro. É pessoa com pouco jeito para afectos e sentimentos, e menos jeito ainda para ir conquistando duas filhas que aos poucos também elas foram desistindo dele.

E não, não tive influência nisso. Fui sempre desculpando, defendendo, encobrindo, até que elas começaram a perceber mesmo sem ninguém contar e me calaram de vez. Tenho muita, muita pena de as minhas filhas não terem uma relação afetiva mais estreita com o pai. De ter de as lembrar do dia do aniversário dele, de não terem o pai presente nos momentos importantes da vida delas.

Têm-me a mim, claro. Sempre e incondicionalmente. Mãe para todo o serviço. Sempre disponível e de serviço 24 horas por dia. Mas não chega. O pai faz falta.

Elas têm ultrapassado a falta do pai com a presença de um pai que adotaram no seu coração desde há muitos anos. 

O meu marido, que as adora e a quem elas adoram e consideram verdadeiramente um pai. Palavras delas e não minhas.

De quem não se esquecem do aniversário, com quem sabem que podem contar sempre que precisam. 

Há uns minutos atrás o meu marido chegou ao pé de mim com o telemóvel na mão. Vinha com um sorriso...

- Olha o que eu recebi...

Uma mensagem da minha flha mais velha, que não quis deixar passar o dia sem lhe desejar um feliz dia do pai. E que o deixou babado. E emocionado. Embora ele nunca o admitisse, nem sob tortura.

Há uns anos atrás, no dia do aniversário dele, elas deram-lhe um cartão que terminava com "muitos beijinhos para o pai nº 2". 

A emoção nos olhos dele foi tão grande!!! Ficou sem falar um bocadinho.

Pai é quem cria, quem sabe do que se gosta e não gosta, quem são os namorados, as conquistas e as derrotas, quem se interessa, dá carinho e atenção e mostra cara de mau quando é preciso.

Gosto muito da relação entre eles, é bonita e tem feito muito bem às minhas meninas e isso é um bálsamo para mim, que me preocupo com tudo, como elas dizem.

Um amigo nosso disse-me uma vez uma frase que adorei e guardei no coração até hoje: "Vocês não são família de sangue, mas são uma família de afetos linda".

Adorei. Família de afetos. Não é isso que de facto importa? Os afectos? Quer-me parecer que sim. 

Feliz dia do pai para o pai que as minhas filhas  adotaram no seu coração. E que ele, generosamente adotou no seu coração. 

 

As taras das Kardashian

Que a maior parte das estrelas são doidas já não é segredo para ninguém. Que são capazes de fazer tudo para manterem aquilo que acham e chamam de beleza, idem, idem...

Mas esta última da Kim Kardashian deixou-me de cara à banda.

Então a criatura injetou o seu próprio sangue, depois de centrifugado na cara? Mas está tudo doido, ou quê? 

Só para terem uma ideia, esta foi a foto que ela postou no Twitter:

bonito, não é? E esta?

Linda, diria eu.

Definitivamente ou a minha avó tinha razão e o mundo está perdido, ou eu tenho uma mente muito retrógrada. Ou, e é o mais provável, a Kardashian é doida.

Porque raio de carga de água é que uma pessoa se há-de submeter a semelhante tortura? Mas mais importante, porque é que acha que tem de partilhar isto com o mundo?

A mania dos dias para tudo - Dia da Mulher

"O Dia Internacional da Mulher, celebrado em 8 de março, tem como origem as manifestações das mulheres russas por melhores condições de vida e trabalho e contra a entrada da Rússia czarista na Primeira Guerra Mundial. Essas manifestações marcaram o início da Revolução de 1917. Entretanto a ideia de celebrar um dia da mulher já havia surgido desde os primeiros anos do século XX, nos Estados Unidos e na Europa, no contexto das lutas de mulheres por melhores condições de vida e trabalho, bem como pelo direito de voto" - é assim que a Wikipédia explica o dia de hoje.


Para mim, o Dia da Mulher é mais um daqueles dias que me parece um disparate. Pronto, pronto, eu sei que é por uma boa causa e que as nossas antepassadas se fartaram de lutar pelos seus direitos e essas coisas todas. Mas isso já passou tudo, certo?

E portanto nós já adquirimos os nossos direitos e os que não adquirimos temos de nos fazer à vida e conquistálos todos os dias. Não me parece nada bem que exista um dia em que de repente toda a gente se põe a lembrar-se das desgraças feminias, que são muitas pelo mundo fora.

Todos os dias são de luta e em todos nos devemos lembrar de mulheres que ainda são mutiladas genitalmente, que são forçadas a casar contra sua vontade, forçadas a engordar como se fossem animais de abate, traficadas como escravas sexuais e tantos, tantos outros casos.

Não é um dia no calendário que resolve seja lá o que for nestas coisas. É a batalha do dia a dia que leva a que a guerra seja vencida.

Por isso não me parece bem que andemos 364 dias por ano indiferentes e depois de repente no dia 8 de março, somos todas maravilhosas e toda a gente mana mensagens fofinhas e a enaltecer as mulheres.

Não me parece mesmo nada bem.

Devemos dizer às nossas amigas, filhas, etc, o quanto gostamos delas e as achamos maravilhosas em todas as ocasiões e não apenas hoje. 

Devemos tentar, dentro das possibilidades de cada uma de nós, fazer o possível para mudar o sofrimento feminino e não só. Sim, que os homens também sofrem.

Se calhar mais calados, mas também sofrem. 

Existe muita coisa errada no mundo e não é um dia que vai mudar isso, são muitos dias, muitas ações.

Já agora, tenho que confessar que a história da emancipação feminina tem os seus prós e os seus contras, pelo menos na minha opinião.

Sim, porque emancipação feminina não devia querer dizer fim do cavalheirismo.

Eu assumo que gosto de um homem que me abre a porta, que me puxa a cadeira, um cavalheiro, em suma.

Sim, sim, eu sei que a emancipação feminina não significa o fim do cavalheirismo, mas infelizmente foi assim que muitas mentes a encararam e agem em conformidade. 

Emancipação e igualdade de direitos não significa nem deve significar ser igual.

Desculpem lá, as mais aguerridas, mas eu não quero ser igual a homem nenhum. Gosto muito de ser mulher, gosto muito de ser feminina, não tenho pretensões nenhumas a ser uma espécie de macho andrógino.

E tenho para comigo que se Deus quisesse realmente que fossemos todos iguais não nos tinha criado tão diferentes, ainda que eu não acredite propriamente que tenha sido Deus a criar-nos, mas pronto...

Afinal e segundo a história, Deus criou o homem e depois apercebendo-se das suas falhas criou... a MULHER, pois claro.

Mais bonita, mais fofinha, mais prática, inteligente e muito, mas muito mais versátil.

Um dia contaram uma história mais ou menos assim: 

"Um dia no jardim do Éden, Eva disse a Deus:

 

- Deus, tenho um problema!

 

- Qual é o problema, Eva?

 

- Deus, sei que me criaste e me deste este maravilhoso jardim, e todos estes maravilhosos animais, e esta serpente tão graciosa, mas não sou feliz...

 

- Por que, Eva? - Disse a voz lá de cima.

 

- Deus, estou sozinha, e não suporto mais comer maçã.

 

- Bem, Eva, neste caso, tenho uma solução. Criarei um homem para ti!

 

- O que é um homem, Deus?

 

- Um homem será uma criatura defeituosa, com muitos atributos negativos.

 

Mentiroso, arrogante, vaidoso; em resumo, fará da tua vida um inferno.

 

Mas... será maior, mais rápido, e vai caçar e matar animais.

 

Terá um aspecto estúpido quando ficar excitado, mas, para que não te queixes, o farei a fim de satisfazer tuas necessidades físicas. Será patético e sentirá prazer em coisas infantis como lutar e dar pontapés em uma bola.

 

Não será muito inteligente, então, vai precisar do teu conselho para pensar adequadamente.

 

- Parece ótimo! - disse Eva, com um sorriso irônico.

 

- Porém... - disse Deus.

 

- Qual é o problema, Deus?

 

- Bem... Vais tê-lo com uma condição.

 

- Qual, Deus?

 

- Como eu disse, será orgulhoso, arrogante e egocêntrico...

 

Assim terás que deixar que ele acredite que eu o fiz primeiro. Lembre-se, será nosso pequeno segredo, Eva... de mulher pra mulher..."


Agora digam lá que não é maravilhoso?


 

Um novo projeto - dieta

Pronto, lá me decidi finalmente a levar isto a sério. Fiz uma pesquisa e descobri um site onde encontrei as tabelas de calorias dos alimentos e um plano de dieta de 800 calorias (nem dá para comer um croquete), distribuídos pelas várias refeições diárias. 

Mas pronto, de vez em quando toda a gente faz sacrifícios na vida. Tenho 46 anos e decidi que está na altura de fazer alguma coisa pela minha forma física, até porque nos últimos meses engordei um bocadinho demais para o meu gosto.

E também estou a fazer a minha milionésima tentativa de manter as idas ao ginásio com uma frequência regular.

Ora portanto, posto isto, ontem ingeri umas maravilhosas 884 calorias!!!! VIVA a mim!!! E fui ao ginásio, fiz 10 minutos de passadeira com inclinação 8%, uma aula de pump e uma de balance, o que tudo somado dá para aí umas 400 calorias perdidas. 

E portanto hoje acordei de manhã muito motivada até porque não morri de fome, nem nada. E tomei um pequeno almoço como manda o site das dietas de leite magro com cereais fitness e até agora correu bem. Para o almoço o site recomenda duas fatias de carne assada, com salada de alface e milho e uma laranja. Sobraram-me imensos vegetais salteados no wok de ontem à noite, por isso acho que vou substituir por um bife de frango com o resto dos legumes. 

Se não perder peso até ao fim do mês, desisto e como uma grande feijoada, ou um belo cozido à portuguesa, ou coisa do género. 

Mas para já estou motivada, por isso vamos lá...


Senhor São Pedro...

Senhor São Pedro, escute-me por favor.

Nós sabemos que está muito ocupado com a resignação do Papa Bento XVI e com a organização do futuro conclave para eleger o seu representante no Vaticano e essas coisas todas...

É muita batina para passar a ferro e muito sapatinho Prada para engraxar e muito pó para limpar lá na salinha do conclave, mas mesmo assim tire lá uns segundinhos do seu dia para dar uma espreitadela ao meu blogue.

E pense lá se é justo que depois do frio da semana passada tenhamos de levar com uma semana de chuva e de mau tempo...

Pois não é. Claro que não é. Bem podia dar aí umas instruções às nuvens mais próximas e mandá-las ir chover par aoutro sítio. Olhe para Israel, por exemplo, que eles sempre poupavam uns quantos tiros de nitrato de qualquer coisa às nuvens ou para Cabo Verde onde só chove de sete em sete anos, ou coisa que o valha. Está a ver, existe gente muito, mas muito mais necessitada do que os portugueses.

Nós já temos o Gasparzinho e o Coelhinho (nem sequer é o da Playboy). Já temos o Cavaco e o Relvas. Já temos a Troika à perna e muitos impostos para pagar. Bem podíamos dispensar o mau tempo.

Vá lá. Please, please please...

Não lhe custa nada a si e nós agradecemos muito a sua atenção.

Depois não se queixe da falta de fiéis ou da descrença das pessoas. Com este tempo, está à espera de quê? Não há fé que resista a tanta chuva e tanto frio.

Já agora, que vai dar ordens a favor dos portugueses, peça lá para nos baixarem os impostos, se faz favor.

Obrigadinho e se precisar de ajuda para a organização do conclave, disponha. Faço uns biscoitos e uns salgadinhos muito agradáveis. E se quiser também sou rapariga para lhe preparar um cocktail de espumante e sorvete de limão com hortelã para o brinde ao novo Papa.

Bem haja pela sua atenção.

Cumprimentos aos seus colegas de santidade.


Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D