Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Eu e o mundo

As minhas impressões, opiniões e outras coisas acabadas em ões sobre o mundo, pelo menos o mais próximo de mim.

Eu e o mundo

As minhas impressões, opiniões e outras coisas acabadas em ões sobre o mundo, pelo menos o mais próximo de mim.

Amanhã é o dia

Acabei de saber que uma pessoa de quem gosto muito e que conheci através de trabalho vai amanhã conhecer o seu primeiro filhote. O JM vai nascer amanhã e ao saber isso confesso que fiquei emocionada. Primeiro porque a mãe vai descobrir sentimentos dentro de si que nem sabia que existiam e depois porque o mundo fica mais bonito de cada vez que nasce um bebé. E um bocadinho porque vai nascer no mesmo dia que eu.

Mas principalmente fiquei emocionada porque me lembrei do dia em que fui mãe pela primeira vez. Quase há vinte e dois anos atrás e ainda tão presente na minha memória.

Ainda me emociono quando penso no que senti ao olhar para a minha filha linda, linda pela primeira vez.

Um bebé redondinho, cor de rosa, de olhos grandes e assustados, de mãos, pés e pernas compridos. Na verdade toda ela era comprida.

Um bebé que agarrou o meu dedo e ficou tranquilo deitado no meu peito.

Um bebé que me ensinou o que significa o amor. Que me fez crescer e ter medo pela primeira vez na vida. Medo de não estar , de não conseguir, de não ser o que ela precisa como mãe. Medo de tantas coisas.

E que me fez e faz sentir tão orgulhosa de cada vez que olho para ela ainda hoje. Tão linda, tão diferente de mim, tão minha filha.

E vinte e nove meses depois voltei a repetir tudo.

Voltei a olhar para um bebé rechonchudo, não tão cor de rosa, mais chorão e refilão, tão lindo.

A minha filha mais nova é igual a mim desde que nasceu e já nasceu a refilar. Não deixou ninguém dormir em bebé. Nasceu irritada e refilou durante um ano e meio. Nós é que não percebíamos o que ela dizia.

Até hoje, já lá vão dezanove anos, continua igual a mim. Refilona…

As minhas filhas, o meu maior feito, o meu orgulho, os meus dois amores acima de tudo e de todos, especialmente de mim.

Os medos em duplicado. O orgulho em duplicado. O amor em duplicado. O meu coração ocupado duplamente.

Amanhã será um grande dia. O JM vai nascer e a mãe dele vai perceber muitas coisas. Vai ser mais feliz.

Amanhã vou estar com a R. no meu coração. E com o JM.

Amanhã vai ser um grande dia.

O dia do JM.

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D