Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Eu e o mundo

As minhas impressões, opiniões e outras coisas acabadas em ões sobre o mundo, pelo menos o mais próximo de mim.

Eu e o mundo

As minhas impressões, opiniões e outras coisas acabadas em ões sobre o mundo, pelo menos o mais próximo de mim.

TV Rural de regresso? Eu quero!

TV Rural de regresso?

Finalmente ouvi hoje de manhã uma notícia que me fez concordar com este governo. Os senhores deputados (?), do PSD e do CDS querem que a RTP volte a ter um programa na onda do antigo e saudoso (pelo menos para mim), TV Rural.

Eu aplaudo e estou muito de acordo.

Primeiro porque lembro-me muito bem de ser uma telespectadora fiel e assídua do TV Rural e de adorar o Engº Sousa Veloso.

Depois porque, se escolherem bem o apresentador e a fórmula do programa, é de facto o tipo de coisa que é serviço público de televisão.

O TV Rural ensinou-me muita coisa. Foi com o Engº Sousa Veloso que eu descobri a diferença entre maçãs starking, golden, camoesa, bravo Esmolfe e outras. Foi com ele que descobri as diferentes variedades de tomates, batatas, pêras, vacas, ovelhas, coelhos e etc.

Ora se eu, que fui criada no campo, aprendi muita coisa com o TV Rural, imaginem lá estas crianças de hoje que na sua maioria estão convencidas de que os ovos nascem numa caixa no supermercado e que o leite aparece miraculosamente nos pacotes?

Está bem que eu tinha pouca opção de escolha, ou via o TV Rural ou não via nada, mas lembro-me perfeitamente de ligar a televisão e ficar à espera do engº Sousa Veloso e de repetir com ele a frase com que habitualmente se despedia: “Senhores telespectadores, despedimo-nos com amizade, até ao próximo programa”.

E se acham que eu estou a exagerar, leiam com atenção:

Há uns anos atrás, quando eu ainda morava numa quinta (agora sou uma criatura citadina e vivo num apartamento), recebemos de visita um casal amigo com dois rapazinhos gémeos, na altura com uns cinco/seis anos.

Num passeio pela quinta, as minhas filhas ficaram chocadas quando descobriram que os gémeos estavam prestes a comer a terra junto ao tronco das árvores. Estão a ver aquela rodela à volta das árvores, onde a terra é mais lisinha e que quando começa a ficar mais sequinha abre rachas?

Pois os gémeos também viram e acharam que era chocolate. Portanto vá de comer.

As minhas filhas, que são animaizinhos de campo, agora adaptadas à cidade, lá impediram os dois miúdos de se banquetearem com o “chocolate” e contaram-me a história entre gargalhadas, com o comentário final “Que ignorância!”.

É um pequeno exemplo, mas ilustra bem a desgraça que é a cabeça de muitos miúdos de apartamento que pouco ou nenhum contacto têm com o campo.

Ah e tal porque os pais podem sempre levá-los a uma quinta pedagógica. Pois podem, mas não há nada como o contacto com a natureza.

O que não quer dizer que o TV Rural, se voltar, venha a colmatar esta falha. O mais certo é que nenhum garoto o veja, porque duvido que venha a ser tão interessante como era o antigo.

Mas continuo a achar que faz falta, sim senhor.

TV Rural de volta. Eu apoio!

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D