Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Eu e o mundo

As minhas impressões, opiniões e outras coisas acabadas em ões sobre o mundo, pelo menos o mais próximo de mim.

Eu e o mundo

As minhas impressões, opiniões e outras coisas acabadas em ões sobre o mundo, pelo menos o mais próximo de mim.

Franquelim Alves

Esta conversa toda à volta do Dr. Franquelim Alves já me começa a irritar.

Não gosto nada de me meter em politiquices. Especialmente porque não percebo mesmo nadinha de política e, muito francamente, nem quero perceber.

Mas como me irrito sempre que dizem mal de pessoas de quem eu gosto, ou conheço, ou tenho boa impressão e não consigo ficar calada...

Eu conheci o Dr. Franquelim na Lusomundo, ainda na altura da transição do coronel Luís Silva para a Portugal Telecom. O dr. Franquelim era administrador, penso que da Lusomundo Media, e eu era secretária de administração. Não era secretária dele, mas sim do presidente do conselho de administração.

Mas conheci-o e tenho uma excelente impressão dele. É muito bem educado, bem formado, que é uma coisa que nem todos podem dizer.

E uma das coisas de que me lembro nele é que não olhava ninguém por cima do ombro. O que na posição em que ele estava nem sempre acontece.

O dr. Franquelim era sempre simpático, cordial e tratava as pessoas por igual. E isso diz muito sobre as pessoas.

Pode não dizer tudo, mas diz muito.

Quem já lidou com estas coisas sabe do que eu falo.

É muito frequente as pessoas quando são mal formadas e se encontram em cargos superiores terem o hábito de também se acharem superiores e no caso dele num dei por nada.

Encontrei-o no Algarve, durante umas férias de verão, com as respectivas famílias, e embora estivessemos fora do local onde ele de facto me conhecia, foi igualmente cordial, simpático e bem educado.

Em relação ao trabalho dele nunca ouvi nenhum comentário depreciativo e pelo contrário, ouvi várias vezes elogiarem a sua capacidade e agilidade negocial. Se ele não fosse bom o coronel não o tinha levado para trabalhar com ele. O coronel é uma pessoa muito inteligente.

Por isso irrita-me que só porque ele trabalhou num sítio com problemas o taxem exatamente da mesma forma que todos os outros. Irrita-me e pronto.

Esta mania que os portugueses têm de falar mal de pessoas que nunca viram, não conhecem e de quem sabem muito pouco, só porque ouviram dizer, ou leram ou ouvem os outros também dizer, irita-me e muito.

Parem lá com isso.

Deixem lá o homem mostrar o que vale no governo. E se ele não fizer um bom trabalho, então deem-lhe na cabeça. Mas so ness altura. Antes não. Tenham dó.


Comentar:

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D