Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Eu e o mundo

As minhas impressões, opiniões e outras coisas acabadas em ões sobre o mundo, pelo menos o mais próximo de mim.

Eu e o mundo

As minhas impressões, opiniões e outras coisas acabadas em ões sobre o mundo, pelo menos o mais próximo de mim.

Merkel, o nosso karma

Merkel, die Ziege.

Ou em português, Merkel, a cabra, ou bode, não sei muito bem que o Google tradutor não é muito bom a definir masculinos e femininos. Mas dá para perceber a ideia, certo?

A imagem da chanceler a aplaudir de pé o segundo golo da Alemanha acabou por ser pior do que a porcaria do golo. Eh pá, nós sabemos que é o país dela e isso tudo. Mas depois de andarmos aqui a ser roubados a mando dela (enfim, há outros, mas ela esteve na linha da frente), vê-la a festejar a nossa tristeza parece que dói um bocadinho mais que o resto. Custou um bocadinho. Pronto, um bocado grande.

Agora em relação ao jogo…

Eu sou uma negação em termos futebolísticos, mas a verdade é que os Quinas não jogaram porra nenhuma. Parecia que estava tudo a dormir. Até o CR, que é só o Melhor do Mundo, se mostrou desorientado, desconcentrado, descoordenado. Quando é que ele falha um livre daqueles? Nem parecia coisa do Ronaldo. Ai credo. A Dona Dolores deve ter tido mais um piripaque. Eu no lugar dela tinha e certeza.

E o Pepe? Era preciso? Ok, ele até tinha razão. O alemão era um impostor armado em ator dentro do campo e aquilo não é nenhum palco. É para jogar, não para representar. Se ele quer representar a tia Merkel de certeza que lhe arranja um teatrinho com o nome dela para ele treinar. Aposto que lhe vai dar uma medalha quando o puto regressar lá à terra dele, onde, aliás devia ter ficado de férias, que tinha sido bem melhor para nós. Ai…

Ainda voltando ao Pepe. Pronto, eu se calhar no lugar dele tinha feito bem pior. Mas ele se fosse esperto, tinha esperado pelo fim do jogo, apanhava o puto alemão e já agora o árbitro, o tal senhor Milorad Mazic, e dava-lhes um tratamento à séria, daqueles à antiga portuguesa. Agora no campo, depois do árbitro já ter mostrado de que lado estava, o resultado foi o que viu.

Vá, eu nem sou a favor da violência. Mas num caso destes não me parece que reste grande alternativa. Um árbitro tem de ser isento. Dois pesos? Duas medidas? Pelo menos já sabemos para onde foi uma parte do dinheiro que a p… da Merkel nos tem roubado. Para a continha bancária do senhor Milorad Mazic… Filho de p…

Na verdade, e tendo em conta que ele já tinha o cartão vermelho, podia ter aviado a criatura logo ali… Perdido por um, perdido por mil…

O senhor Milorad Mazic devia ter muita vergonha na cara. Fofo, até quando a pessoa é comprada pode ser um bocadinho mais discreta. Não é preciso dar tanto nas vistas. Que assim nem restam dúvidas. Só não sabemos quantos zeros tinha a transferência que a tia Merkel lhe fez. De resto, é óbvio que a vidinha do Mazic vai mudar para bem melhor. Com uma continha bancária muito mais confortável e recheadinha. Filho de uma p…, sem querer ofender a mãezinha do senhor, que coitada, não tem culpa de o filho, que provavelmente criou com tanto amor e carinho, se tenha tornado nisto. E prefiro nem definir o nisto porque senão o texto ainda vai ter mais pi’s, do que já tem.

Estas coisas irritam-me e não é pouco. Neste caso foi mesmo muito.

Foi uma tarde difícil. Muito difícil, mesmo.

Eu nem costumo ver os jogos para não me stressar, que eu sou uma pessoa que ferve em pouquíssima água, às vezes quase nenhuma e estas coisas não fazem bem ao coração de ninguém.

O Bentinho (Paulo Bento) que não comece rapidamente a tirar um curso intensivo de treinador que não é preciso. Raios partam o homem. É um burgesso do pior. Valha-nos Deus. E o Papa. E a Nossa Senhora de Fátima. E os outros santos todos que estejam disponíveis no momento e não cobrem honorários muito caros, que o pessoal está de tanga…

Eu é que tenho razão. Se não fossemos a estas coisas não passávamos vergonhas. Lembram-se do Mundial do México? Uma desgraça. Jogadores a perderem chuteiras no campo, uma vergonha. E pela amostra, no Brasil vamos pelo mesmo caminho.

As consequências disto são piores do que se pensa. O Ronaldo, se continuar como ontem, vai acabar o Mundial a valer menos de metade do que vale atualmente. O presidente do Real Madrid, a Dona Dolores, as manas e o mano Aveiro, e toda a gente que vive abastadamente à conta do puto da Madeira, já devem estar a arrancar os cabelos de desespero. Ai, o meu melhor jogador. Ai, o nosso banco privado. Ai, os cartões de crédito dourados… Pois é.

O Coentrão, coitado, ficou lesionado e, é quase certo, que não vai jogar mais no Mundial. E fica com o resto do verão estragado. E quem sabe com o quê mais. Que o rapaz caiu esmo mal e a cara que ele fez não enganou ninguém. Aquilo estava a doer a sério. Até a mim me doeu. Que o puto também já vale algum dinheiro. Aposto que o senhor lá do Real Madrid também lhe deu qualquer coisinha.

O que é que se aproveitou disto tudo? A companhia do jogo. Os petisquinhos que comemos e as cervejitas (poucas) que bebemos para afogar as mágoas de tanta desgraça.

Ao que consta, domingo há mais e contra os Estados Unidos. Que só por acaso ontem até ganhou ao Gana. Logo a moral dos americanos está em alta. Já a dos portugas… Nem vale a pena falar disso.

Resumo: Mate-se a Merkel, que é para aprender a ser mais comedida nos festejos que implicam sofrimento alheio. Mate-se o Mazic que é para não ser parvo, corrupto e não lhe dar hipótese de usufruir do dinheiro que a outra lhe pagou. E já agora, que estamos com a mão na massa, podemos aproveitar e limpar o puto dos três golos, só por causa das coisas… Era preciso tanto? Marcava um e pronto. Chegava muito bem.

Que nervos…

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D